A Itinerância Musical Príncipe Francesco Maria Ruspoli é fruto da colaboração entre a Associação Cultural Ruspoli de São Paulo (Brasil) e o Centro Studi e Ricerche Santa Giacinta Marescotti Vignanello (Itália) e apresenta na América Latina suas produções, realizando concertos, conferências, oficinas, masterclasses, residências e eventos entre Cuba, Brasil e Peru, com a participação da ganhadora do Concurso Internacional Príncipe Francesco Maria Ruspoli de Música Barroca e com a contribuição científica do mesmo Concurso de Estudos Musicológicos.

Em todos os concertos contamos com a participação das ganhadoras ou ganhadores do Concurso Ruspoli de Música Barroca (Itália), ao lado de músicos convidados latino-americanos e internacionais. Todos os músicos utilizam instrumentos da época e técnicas de execução baseadas em pesquisas musicológicas que recuperam uma forma de tocar que se perdeu no tempo. Seu objetivo é trazer ao conhecimento do público compositores e obras do passado, renovando o interesse e ampliando a compreensão sobre a história da música.

O projeto iniciou no Castelo Ruspoli em Vignanello, próximo à Roma, onde Giada Ruspoli e o Centro Studi criaram em 2009 o Concurso. Com a direção artística de Giorgio Monari, o Concurso nasceu para honrar a memória do Príncipe Francesco Maria Ruspoli (Vignanello 1672 – Roma 1731) e promover o espírito do maior mecenas de Roma no século XVIII, que acolheu alguns dos melhores artistas, poetas e músicos da época, como Corelli, Hottetere, Caldara, Alessandro Scarlatti e Händel.

Anualmente são realizadas duas seções do Concurso: Música Barroca, onde participam profissionais de canto e instrumentistas, e Estudos Musicológicos, onde investigadores apresentam seus ensaios sobre produção barroca. Os ensaios selecionados são publicados na coleção Miscellanea Ruspoli – editora LIM.